22 julho 2021

Pele oleosa e alimentação

em 22 julho 2021

 Pele Oleosa e a má alimentação: Até que ponto o nosso alimento interfere na pele?

Você sabia que a pele oleosa pode ser causada pela sua alimentação?

Olá meus amores, hoje vim falar um pouco com vocês sobre a relação que a alimentação tem com a oleosidade da pele. Se você pensou que uma coisa não tem nada a ver com a outra, se enganou. Vamos lá?

pele oleosa e alimentação


Já tem algum tempo que venho falando sobre os cuidados com os alimentos que consumimos para ajudar a reduzir a oleosidade e consequentemente o surgimento de espinhas. Nossa pele reflete muito do que consumimos.

Portanto se você tem uma alimentação mais balanceada, a produção de sebo é menor. Já se você tem uma alimentação rica em gordura e alimentos processados, sua pele produz mais sebo, causando mais oleosidade.

Os alimentos interferem no funcionamento das nossas glândulas sebáceas que são as responsáveis por produzir a oleosidade.

Vale ressaltar que a oleosidade da pele é benéfica. Ela existe como uma proteção natural da pele, protegendo a superfície da pele de ações externas. 

O problema existe quando a produção de sebo é em excesso, fazendo com que a pele fique com brilho, aparência mais espessa, causando obstrução dos poros, cravos e espinhas. E é aí que temos que procurar o que está causando o aumento da oleosidade. 

Lembrando que a oleosidade pode ter origens diferentes, então é importante você identificar também outros fatores que estão interferindo na sua pele como, por exemplo, hormonal, estresse, etc.

Quando se trata da alimentação o perigo está em pequenos detalhes que nem imaginávamos. Por fazer parte da nossa alimentação desde sempre, alguns alimentos são mais difíceis de eliminar o consumo, mas podemos simplesmente reduzir o consumo desses alimentos e observar os efeitos na pele.

A alimentação do nosso dia a dia é rica em ingredientes que aumentam a oleosidade da pele e você não sabia. Agora vamos a uma pequena lista dos tipos de alimentos que aumentam a oleosidade e que você pode reduzir o consumo no dia a dia. Vamos a lista?

Alimentos que contribuem para o aumento de oleosidade na pele

Açúcar refinado: Aumenta o nível de insulina no sangue rapidamente, e consequentemente aumenta a produção de hormônios andrógenos, aumentando assim a oleosidade da sua pele.

Pães, massas e biscoitos: Alimentos com farinha branca tem alto índice glicêmico. Alimentos com esses ingredientes causam inflamação das glândulas sebáceas.

Pizzas, hambúrguer: Alimentos ricos em gordura saturada desequilibram o funcionamento natural do intestino piorando processos inflamatórios em diversas partes do corpo.

Soja e derivados: Se consumidos em grandes quantidades causam desequilíbrio hormonal que pode desencadear a acne. 

Bebidas alcoólicas: O álcool diminui a absorção de zinco pelo organismo, sendo o zinco um dos ativos mais poderosos no combate a acne e oleosidade.

Carne vermelha: Tem gordura saturada em excesso e causa os mesmos problemas de pizzas, hambúrgueres e frituras.

Sal refinado e temperos prontos: Sal refinado, temperos industrializados, presuntos, e outros embutidos também causam processos inflamatórios no nosso corpo e aumentam a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, aumentando a oleosidade.       

Com isso vemos que muitos alimentos do dia a dia contribuem para a oleosidade, e que provavelmente não vamos conseguir eliminá-los por completo da nossa rotina. Mas podemos reduzir o consumo desses alimentos e aumentar o consumo de alimentos mais saudáveis e que vão nos ajudar a controlar a oleosidade e melhorar o funcionamento do nosso corpo. 

Além de todos os cuidados que temos no skincare, cuidar da alimentação vai potencializar os resultados. Vamos falar agora sobre algumas dicas para melhorar a sua alimentação e controlar a oleosidade.

Consuma alimentos ricos em fibras e vitaminas. Alimentos que contém a vitamina A são poderosos antioxidantes e ajudam a controlar a produção das glândulas sebáceas, então invista em mamão, cenoura, espinafre e manga.

Outras vitaminas que vão nos ajudar é a vitamina E e vitamina C são antioxidantes e cicatrizantes, você as encontra na laranja, frutas vermelhas, uvas, e amêndoas. 

Procure inserir as frutas ao longo do seu dia para garantir uma boa dose diária de vitaminas. Além dessas vitaminas também procure alimentos ricos em zinco como legumes, cereais e castanhas. O zinco age diretamente na queratina da pele e consegue impedir a obstrução dos poros.

Lembre também que o consumo de bastante água é muito importante. Manter o corpo bem hidratado faz bem para cabelos, unhas e pele. Dessa forma a produção de sebo é regulada, já que a pele não estará desidratada. Água nunca é demais!

Então meus amores, por hoje é isso! Gostaram deste post? Me conta nos comentários. Tem alguma outra dica? Vou adorar saber! 

Até o próximo post!

Fontes: Loreal Paris e Revista Claudia 


Acompanhe nas redes:

CANAL: Admirável Feminismo

INSTAGRAM: @admiravelfeminismoof

FACEBOOK: Admirável Feminismo


 

2 comentários:

Deixe aqui sua opinião!

Topo