22 julho 2021

Pele oleosa e alimentação

em 22 julho 2021

 Pele Oleosa e a má alimentação: Até que ponto o nosso alimento interfere na pele?

Você sabia que a pele oleosa pode ser causada pela sua alimentação?

Olá meus amores, hoje vim falar um pouco com vocês sobre a relação que a alimentação tem com a oleosidade da pele. Se você pensou que uma coisa não tem nada a ver com a outra, se enganou. Vamos lá?

pele oleosa e alimentação


Já tem algum tempo que venho falando sobre os cuidados com os alimentos que consumimos para ajudar a reduzir a oleosidade e consequentemente o surgimento de espinhas. Nossa pele reflete muito do que consumimos.

Portanto se você tem uma alimentação mais balanceada, a produção de sebo é menor. Já se você tem uma alimentação rica em gordura e alimentos processados, sua pele produz mais sebo, causando mais oleosidade.

Os alimentos interferem no funcionamento das nossas glândulas sebáceas que são as responsáveis por produzir a oleosidade.

Vale ressaltar que a oleosidade da pele é benéfica. Ela existe como uma proteção natural da pele, protegendo a superfície da pele de ações externas. 

O problema existe quando a produção de sebo é em excesso, fazendo com que a pele fique com brilho, aparência mais espessa, causando obstrução dos poros, cravos e espinhas. E é aí que temos que procurar o que está causando o aumento da oleosidade. 

Lembrando que a oleosidade pode ter origens diferentes, então é importante você identificar também outros fatores que estão interferindo na sua pele como, por exemplo, hormonal, estresse, etc.

Quando se trata da alimentação o perigo está em pequenos detalhes que nem imaginávamos. Por fazer parte da nossa alimentação desde sempre, alguns alimentos são mais difíceis de eliminar o consumo, mas podemos simplesmente reduzir o consumo desses alimentos e observar os efeitos na pele.

A alimentação do nosso dia a dia é rica em ingredientes que aumentam a oleosidade da pele e você não sabia. Agora vamos a uma pequena lista dos tipos de alimentos que aumentam a oleosidade e que você pode reduzir o consumo no dia a dia. Vamos a lista?

Alimentos que contribuem para o aumento de oleosidade na pele

Açúcar refinado: Aumenta o nível de insulina no sangue rapidamente, e consequentemente aumenta a produção de hormônios andrógenos, aumentando assim a oleosidade da sua pele.

Pães, massas e biscoitos: Alimentos com farinha branca tem alto índice glicêmico. Alimentos com esses ingredientes causam inflamação das glândulas sebáceas.

Pizzas, hambúrguer: Alimentos ricos em gordura saturada desequilibram o funcionamento natural do intestino piorando processos inflamatórios em diversas partes do corpo.

Soja e derivados: Se consumidos em grandes quantidades causam desequilíbrio hormonal que pode desencadear a acne. 

Bebidas alcoólicas: O álcool diminui a absorção de zinco pelo organismo, sendo o zinco um dos ativos mais poderosos no combate a acne e oleosidade.

Carne vermelha: Tem gordura saturada em excesso e causa os mesmos problemas de pizzas, hambúrgueres e frituras.

Sal refinado e temperos prontos: Sal refinado, temperos industrializados, presuntos, e outros embutidos também causam processos inflamatórios no nosso corpo e aumentam a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, aumentando a oleosidade.       

Com isso vemos que muitos alimentos do dia a dia contribuem para a oleosidade, e que provavelmente não vamos conseguir eliminá-los por completo da nossa rotina. Mas podemos reduzir o consumo desses alimentos e aumentar o consumo de alimentos mais saudáveis e que vão nos ajudar a controlar a oleosidade e melhorar o funcionamento do nosso corpo. 

Além de todos os cuidados que temos no skincare, cuidar da alimentação vai potencializar os resultados. Vamos falar agora sobre algumas dicas para melhorar a sua alimentação e controlar a oleosidade.

Consuma alimentos ricos em fibras e vitaminas. Alimentos que contém a vitamina A são poderosos antioxidantes e ajudam a controlar a produção das glândulas sebáceas, então invista em mamão, cenoura, espinafre e manga.

Outras vitaminas que vão nos ajudar é a vitamina E e vitamina C são antioxidantes e cicatrizantes, você as encontra na laranja, frutas vermelhas, uvas, e amêndoas. 

Procure inserir as frutas ao longo do seu dia para garantir uma boa dose diária de vitaminas. Além dessas vitaminas também procure alimentos ricos em zinco como legumes, cereais e castanhas. O zinco age diretamente na queratina da pele e consegue impedir a obstrução dos poros.

Lembre também que o consumo de bastante água é muito importante. Manter o corpo bem hidratado faz bem para cabelos, unhas e pele. Dessa forma a produção de sebo é regulada, já que a pele não estará desidratada. Água nunca é demais!

Então meus amores, por hoje é isso! Gostaram deste post? Me conta nos comentários. Tem alguma outra dica? Vou adorar saber! 

Até o próximo post!

Fontes: Loreal Paris e Revista Claudia 


Acompanhe nas redes:

CANAL: Admirável Feminismo

INSTAGRAM: @admiravelfeminismoof

FACEBOOK: Admirável Feminismo


 

15 julho 2021

Novex Doctor Rícino Resenha

em 15 julho 2021

 Resenha Creme de hidratação Doctor Rícino Novex

O creme de tratamento ultraprofundo Novex Doctor Rícino, promete cabelos mais fortes e menos queda devido a quebra. Vamos lá?

Novex doctor ricino resenha

Olá, gente linda, estavam faltando as resenhas por aqui né. Mas hoje vim resolver essa pendência e trouxe o creme de tratamento Doctor Rícino da Novex.

Já faz um certo tempo que estou usando esse produto e tenho gostado bastante. Todos já sabem que é muito bom ter um Novex sempre a disposição, são baratinhos, econômicos e ajudam a manter os fios saudáveis.

O creme Doctor Rícino, como o próprio nome sugere, contém óleo de rícino na sua fórmula. Como todas já conhecemos a fama do óleo, a marca também promete crescimento dos fios, redução de pontas duplas, e fortalecimento.

Além dessas promessas o produto também tem outras informações importantes: É vegano, não testado em animais, e sua fórmula é liberada, sem parabenos, sem sulfato, sem silicone, e sem petrolatos.

O produto ainda conta com uma sugestão de uso bem diferente, chamada de "Dica Novex". Esse modo de usar é bem interessante e confesso que ainda não usei dessa forma, mas vamos lá aos modos de uso sugeridos na embalagem.

Sugestão de uso: Tratamento de choque em 1 min

1 PASSO: Após lavar os cabelos, retire o excesso de água com uma toalha.

2 PASSO: Aplique pequenas quantidades do produto, enluvando mecha por mecha no comprimento e pontas.

3 PASSO: Deixe agir por 1 minuto, enxágue e finalize com condicionador.

Sugestão de uso: Dica Novex

Para um tratamento intensivo, aplique o produto nos cabelos secos, deixe agir por 10 a 15 minutos, uma vez por semana.

Nessa forma de uso não tem muitos detalhes, então fiquei na dúvida se é preciso levar os cabelos antes e deixar secar, ou se é para lavar os cabelos depois. Como disse, ainda não usei essa "dica novex", mas vou testar e atualizo esse post. 

Minhas considerações:

O creme de tratamento Doctor Rícino Novex, promove mais resistência aos fios, fazendo com que tenham menos pontas duplas e encorpando os fios. Sua embalagem de 1kg e a textura do produto garantem uma excelente rentabilidade, durando por meses. 

Utilizo uma vez por semana, e intercalo com outros tratamentos também. O produto não tem cheiro forte e espalha muito bem nos fios. 

Esse produto tem sido meu aliado no dia a dia para manter o meu cabelo saudável e forte. As pontas duplas não desapareceram, mas reduziram bastante. O cabelo está com brilho e resistente a quebra. 

Acho que sempre vale a pena investir em produtos Novex, esse é um dos produtos da marca que compraria novamente, além do Novex Tudo de Bom que também é perfeito. 

Resenhas de produtos para cabelo sempre são mais breves, mas me conta se gostou, se já usou, se percebeu resultados, ou se não sentiu nada diferente. Aguardo seu comentário!

Por hoje é só meus amores. Até o próximo!!  

08 julho 2021

Pele oleosa o que pode ser? Como tratar a pele oleosa.

em 08 julho 2021

 Como tratar a pele oleosa

Hoje vamos falar sobre como tratar a pele oleosa em casa. O que venho trazer hoje são dicas que você pode testar na sua pele para controlar e reduzir a oleosidade do seu rosto. Vamos lá! 

pele oleosa o que pode ser

Tratar da pele oleosa vai muito além de usar um ou dois produtos. Muitas vezes utilizamos produtos que não dão resultado, mas isso não significa que o produto seja ruim, talvez você precise investigar um pouco mais sobre a causa da sua pele ser oleosa.

Basicamente seguimos um passo a passo, um skincare, que todos deveriam seguir, pois é o básico para cuidar da pele no dia a dia. Esse passo a passo já melhora bastante a pele, minimiza os poros, hidrata, suaviza, e dá viço à pele.

O skincare básico é composto pelas etapas que todos já conhecemos, mas que nem sempre levamos a sério. Essa rotina é importante para todos os tipos de pele, pois é um cuidado bem básico mas que traz resultados.

O passo a passo:

Higienizar: de manhã e à noite com sabonete para o seu tipo de pele ou de sua preferência.

Esfoliar: Duas vezes por semana, após higienizar a pele. Escolha um esfoliante para o seu tipo de pele e não muito abrasivo para não machucar a sua pele.

Tonificar: Para manter o controle da oleosidade é muito importante ter algum tônico facial como aliado, para pele oleosa os ideais são os adstringentes, melhor ainda se tiver ácido salicílico na composição.

Hidratar: Se você pensa que a pele oleosa não precisa de hidratação está muito enganada, pois também é um passo muito importante, apenas saiba escolher o produto ideal para o seu rosto e aplique em poucas quantidades para evitar efeito rebote. 

Protetor solar: Esse passo vai melhorar muito a vida da sua pele e evitar marcas de sol. Esse passo tem que ser seguido mesmo sem sair de caso ou em dias de chuva. É importante proteger a pele que está sendo tratada de novos danos, e o uso do protetor ao longo do tempo ajuda a clarear e melhorar o aspecto da pele. Também saiba escolher o certo para o seu tipo de pele.

Mas também...

Para algumas pessoas o skincare diário já controla bastante a oleosidade, pois a higiene adequada da pele no dia a dia é de uma importância absurda. Porém para outras pessoas só o skincare não vai ter tanto efeito sozinho e aí você precisa saber a causa da sua pele oleosa para iniciar um tratamento mais específico.

A alimentação interfere diretamente na produção de oleosidade e consequentemente na aparição de espinhas e acne. Se você tem uma alimentação rica em gordura e embutidos a sua pele tende a produzir mais sebo e com isso a pele fica mais oleosa, os poros entopem e vem as indesejadas espinhas e cravos. Então mantenha uma alimentação com menos gordura e tente se alimentar de forma mais saudável. Isso fará bem ao seu corpo e a sua pele.

Outro ponto a se observar e iniciar um tratamento é a questão hormonal, muitas vezes os tratamentos caseiros não dão certo pelo fato de a causa ser os hormônios, e nesses casos o tratamento é mais direcionado. No meu caso, tenho ovários policísticos, que causam acne. Sendo assim, o tratamento para essa síndrome é hormonal, com anticoncepcionais orais. Associar o skincare com o anticoncepcional me ajudou muito a controlar o surgimento de novas espinhas e novas manchas.

O estresse também é algo que desenvolve acne e espinhas e pele oleosa. Tenha momentos de lazer, faça exercícios físicos para aliviar o estresse ou alguma atividade que te agrade. Eu trabalho de telemarketing e geralmente é bem estressante, nas horas vagas cuido desse blog, que muitas vezes é bem difícil mas eu amo, no dia da minha folga que é uma vez por semana eu tiro o dia para resolver afazeres durante a manhã, mas a tarde eu descanso, assisto um filme, faço um skincare mais dedicado, coisas que relaxam e descansem a mente e corpo. 

Outra coisa que desenvolve problemas de acne e oleosidade e que descobri recentemente é a ansiedade. Pessoas com ansiedade têm níveis de estresse mais elevados, e como vimos anteriormente, favorece a produção de sebo e consequentemente causa oleosidade e acne. Então vamos cuidar da ansiedade também. Ir ao psicólogo é muito importante e vai te auxiliar em muitas coisas. Depois eu conto a minha experiência. 

Outros tratamentos

Mesmo com tudo o que já falamos nesse post, alguns casos precisam realmente de uma avaliação e acompanhamento profissional, seja o dermatologista, ou esteticista ou até mesmo o endocrinologista. Procurar ajuda profissional é importante para que você não piore a situação da sua pele nos cuidados caseiros.

Os profissionais vão te orientar no melhor tratamento avaliando o que realmente está acontecendo com o seu corpo. Muitas vezes além de todos os tratamentos que já falei, é importante fazer um peeling, uma limpeza de pele com profissional, tomar alguma medicação receitada pelo dermatologista, algum tratamento com um produto muito específico como ácidos. Então se você tiver acesso a qualquer um desses profissionais recomendo fazer uma avaliação.

Outros cuidados bem básicos que fazem diferença na nossa pele e que você não sabia: Troque a sua fronha de 3 em 3 dias, evite ficar tocando o rosto pois produz mais oleosidade, procure sempre produtos livre de óleo e de preferência sem álcool, lave os cabelos regularmente. Sim os cabelos tem contato com o rosto e precisamos dar atenção a isso também e aos produtos que usamos neles. Muitas vezes o produto usado no cabelo é que te desenvolveu oleosidade e acne, então observe.

Bom gente, por hoje era isso que eu tinha para vocês hoje. Espero ter te ajudado de alguma forma. De qualquer forma pesquise mais e vá ao médico. Tem alguma outra dica para complementar? Deixe nos comentários e vamos interagir no assunto! 

Até o próximo post!

Acompanhe nas redes:

CANAL: Admirável Feminismo

INSTAGRAM: @admiravelfeminismoof

FACEBOOK: Admirável Feminismo

01 julho 2021

Queda de cabelo pós covid-19

em 01 julho 2021

 Queda de cabelo pós covid-19? Como tratar?

Olá meus amores, vocês tem ouvido falar sobre queda de cabelo pós covid-19? A mais ou menos 2 meses tive covid-19 e ultimamente tenho sentido meu cabelo cair bastante. Então pesquisei um pouco e trouxe um breve resumo sobre o assunto. Vamos lá!

coronavirus faz o cabelo cair


Tenho ouvido pessoas falando que depois que tiveram a infecção por covid-19 tiveram muita queda de cabelo. Depois que tive a infecção, mais ou menos uns 2 meses após a cura, senti meu cabelo cair de uma forma muito exagerada e achei muito estranho, pois nunca tive uma queda de cabelo além do normal. Logo associei a doença.

Como falei anteriormente já tinha ouvido pessoas falando e então fui pesquisar. Descobri que a queda de cabelo associada ao coronavírus é uma das queixas mais comuns entre as pessoas.

Queda de cabelo normal

É normal o nosso cabelo cair, nesse processo acontece a renovação dos fios, onde um fio já "velho" cai e no lugar dele cresce um novo fio novinho. 

Nosso couro cabeludo perde em média de 100 a 150 fios por dia e esse é o volume considerado normal. Se você não penteia os cabelos todos os dias pode sentir um volume um pouco maior, mas isso se deve ao acúmulo dos fios perdidos no decorrer dos dias.

Queda de cabelo pós covid-19

Depois que tive a infecção por covid-19, estou sentindo o meu cabelo cair exageradamente, de uma forma que está me deixando um pouco espantada. Então fui tentar entender do que se tratava. 

Estudando artigos na internet descobri que a queda de cabelo pós covid-19 é uma das principais queixas entre as pessoas que já foram infectadas. Essa queda excessiva atinge tanto pacientes que tiveram casos graves e leves, como também os assintomáticos, que são aquelas pessoas que mesmo estando com o vírus não desenvolvem nenhum sintoma da doença.

A explicação é que a infecção por covid-19 desenvolve o chamado Eflúvio Telógeno, que é o encurtamento do ciclo de vida do fio. Sendo assim o fio ainda em desenvolvimento passa rapidamente para a fase da queda.

O Eflúvio Telógeno é conhecido pelos dermatologistas e geralmente é desencadeado quando o corpo passa por alguma infecção ou estresse psicológico. Casos esses em que todos os pacientes de covid vivenciam. 

Como tratar a queda de cabelo pós covid-19?

A queda de cabelo pós covid-19 não tem tratamento. O Eflúvio Telógeno é uma reação do corpo após determinada situação de estresse ou infecção. O tratamento seria para a causa do problema, como a queda só acontece após a cura do paciente não há mais o que tratar pois a infecção já foi embora, o que tem que ser feito agora é aguardar.

Dermatologistas explicam que essa queda de cabelo pode demorar entre 3 a seis meses, sendo desnecessário qualquer intervenção com medicamentos ou vitaminas, pois nenhum tratamento trará resultado para essa fase, então paciência. 

Conclusão

Como vimos a queda de cabelo pós covid-19 é algo bem real e atinge 1/3 dos pacientes. Por mais que toda a recomendação dos especialistas seja, ter paciência e esperar o tempo passar, eu tomarei algumas medidas para que os novos fios cresçam fortes e saudáveis. Apesar de eu ter bastante cabelo, essa queda excessiva tem me incomodado bastante, fico pensando então em quem tem cabelos ralos, como deve estar passando por isso.

Para tentar reduzir ou preparar os fios novos vou fazer a receitinha de crescimento que usei na minha transição e abusar da hidratação para fortalecer e nutrir os fios. Por mais que os dermatologistas digam que é em vão, vou tentar, pois de qualquer forma fará os novos fios crescerem saudáveis.

A receitinha que usei na minha transição foi o shampoo bomba. Para fazer só precisei de um shampoo neutro e óleo de rícino. Coloque duas colheres de óleo de rícino dentro do shampoo, misture bem e aguarde 48hs para começar a usar. Além disso, também é interessante fazer hidratações com óleo de rícino e manter o couro cabeludo higienizado e saudável, afinal não queremos desenvolver mais problemas não é mesmo?!

Lembrando que em todos os casos vale procurar um dermatologista para que ele possa te orientar melhor, pois eu não sou especialista e venho aqui compartilhar somente experiências. Então se você tem como procurar esse profissional não deixe para depois! 

Então meus amores por hoje é só! Você tem sofrido muito com a queda de cabelo? Me conta!


Acompanhe nas redes:

CANAL: Admirável Feminismo

INSTAGRAM: @admiravelfeminismoof

FACEBOOK: Admirável Feminismo

24 junho 2021

Cabelo cacheado com luzes - Inspiração e cuidados

em 24 junho 2021

 Cabelo cacheado com luzes

Olá lindezas! Resolvi trazer para vocês alguns artigos com inspirações. Antes de eu assumir o meu cabelo cacheado eu queria muito ter o cabelo liso porque via no liso muitas oportunidades de mudança, mas hoje vejo que o cabelo cacheado também nos dá diversas possibilidades de cortes e cores.

Hoje eu trago inspirações de cabelo cacheado com luzes e algumas dicas de cuidados antes e depois. Bora lá!

fotos e cuidados para cachos com luzes


Umas das muitas dúvidas das cacheadas com relação às luzes é: Luzes desfaz os cachos? E a resposta é não. O processo de descoloração é algo que agride muito o cabelo mas não vai acabar com os seus cachos, basta você cuidar da maneira certa e procurar um profissional de confiança para fazer a técnica.

Dependendo da tonalidade que você escolher para as suas luzes, pode ser que não precise descolorir muito, a não ser que você queira platinadas.

As luzes platinadas precisam de um processo de descoloração mais profundo, pois para ficar no tom branco é preciso que o fio não tenha nenhum pigmento, muitas vezes precisam descolorir mais de uma vez.

Tons de luzes mais acobreados não precisam de tanta descoloração, mas independente do tom é muito importante tratar o cabelo antes e depois do procedimento.

Se você tem o cabelo tingido com tons escuros tipo preto, você não conseguirá chegar a um tom muito claro. É preciso parar com a tintura e esperar o cabelo crescer ou fazer o teste de mecha e ver até onde é possível clarear.

Os cuidados antes de fazer luzes são bem simples mas são muito importantes. Você vai precisar se preparar durante um mês ou mais. 

É muito importante fazer reconstruções para fortalecer o fio para o processo que ele vai passar, escolha produtos com queratina e repositores de massa. Também é muito importante fazer nutrição e umectação para que o fio fique nutrido e sofra menos danos na descoloração. Não esqueça das hidratações, manter a água no fio é sempre importante, mesmo sem fazer nada nele.

Agora vamos as imagens! Separei algumas imagens no Pinterest de luzes em cabelos cacheados com diferentes tons e métodos, então é só você escolher e levar no seu profissional.

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados

cachos com luzes cuidados


Os cuidados pós química são os mesmos que antes do procedimento, a diferença é que dependendo de como o fio está e o tom escolhido os cuidados são mais intensos e contínuos, e aí você conta com ajuda de ampolas, cauterizações e todos os tratamentos que falei anteriormente.

Isso tudo vai te ajudar a ter um cabelo sempre bonito e saudável. Lembrando que é super normal na primeira semana o cabelo ficar um pouco estranho, mas isso se resolve à medida que você vai tratando. Se os tratamentos em casa não resolver procure um profissional.

Eu queria fazer luzes mas tenho coloração no tom preto e isso, além dos fios brancos frontais e precoces, não me permite fazer a técnica. Mas vou ver mais possibilidades rs. 

Então agora eu quero saber de vocês. Gostam de posts assim, com inspirações? Se sim deixe um comentário aqui pra eu trazer outras vezes. Se você tem alguma opinião ou crítica, comenta aqui também.

Por hoje é só meus amores, não esqueçam de fazer esses procedimentos com um profissional para não correr o risco de fazer algo errado sozinha hein. Beijooo!!! 

Topo