08 julho 2021

Pele oleosa o que pode ser? Como tratar a pele oleosa.

em 08 julho 2021

 Como tratar a pele oleosa

Hoje vamos falar sobre como tratar a pele oleosa em casa. O que venho trazer hoje são dicas que você pode testar na sua pele para controlar e reduzir a oleosidade do seu rosto. Vamos lá! 

pele oleosa o que pode ser

Tratar da pele oleosa vai muito além de usar um ou dois produtos. Muitas vezes utilizamos produtos que não dão resultado, mas isso não significa que o produto seja ruim, talvez você precise investigar um pouco mais sobre a causa da sua pele ser oleosa.

Basicamente seguimos um passo a passo, um skincare, que todos deveriam seguir, pois é o básico para cuidar da pele no dia a dia. Esse passo a passo já melhora bastante a pele, minimiza os poros, hidrata, suaviza, e dá viço à pele.

O skincare básico é composto pelas etapas que todos já conhecemos, mas que nem sempre levamos a sério. Essa rotina é importante para todos os tipos de pele, pois é um cuidado bem básico mas que traz resultados.

O passo a passo:

Higienizar: de manhã e à noite com sabonete para o seu tipo de pele ou de sua preferência.

Esfoliar: Duas vezes por semana, após higienizar a pele. Escolha um esfoliante para o seu tipo de pele e não muito abrasivo para não machucar a sua pele.

Tonificar: Para manter o controle da oleosidade é muito importante ter algum tônico facial como aliado, para pele oleosa os ideais são os adstringentes, melhor ainda se tiver ácido salicílico na composição.

Hidratar: Se você pensa que a pele oleosa não precisa de hidratação está muito enganada, pois também é um passo muito importante, apenas saiba escolher o produto ideal para o seu rosto e aplique em poucas quantidades para evitar efeito rebote. 

Protetor solar: Esse passo vai melhorar muito a vida da sua pele e evitar marcas de sol. Esse passo tem que ser seguido mesmo sem sair de caso ou em dias de chuva. É importante proteger a pele que está sendo tratada de novos danos, e o uso do protetor ao longo do tempo ajuda a clarear e melhorar o aspecto da pele. Também saiba escolher o certo para o seu tipo de pele.

* Veja também: Como tratar manchas de acne em casa com Azelan (resultados visíveis na primeira semana)

Mas também...

Para algumas pessoas o skincare diário já controla bastante a oleosidade, pois a higiene adequada da pele no dia a dia é de uma importância absurda. Porém para outras pessoas só o skincare não vai ter tanto efeito sozinho e aí você precisa saber a causa da sua pele oleosa para iniciar um tratamento mais específico.

A alimentação interfere diretamente na produção de oleosidade e consequentemente na aparição de espinhas e acne. Se você tem uma alimentação rica em gordura e embutidos a sua pele tende a produzir mais sebo e com isso a pele fica mais oleosa, os poros entopem e vem as indesejadas espinhas e cravos. Então mantenha uma alimentação com menos gordura e tente se alimentar de forma mais saudável. Isso fará bem ao seu corpo e a sua pele.

Outro ponto a se observar e iniciar um tratamento é a questão hormonal, muitas vezes os tratamentos caseiros não dão certo pelo fato de a causa ser os hormônios, e nesses casos o tratamento é mais direcionado. No meu caso, tenho ovários policísticos, que causam acne. Sendo assim, o tratamento para essa síndrome é hormonal, com anticoncepcionais orais. Associar o skincare com o anticoncepcional me ajudou muito a controlar o surgimento de novas espinhas e novas manchas.

O estresse também é algo que desenvolve acne e espinhas e pele oleosa. Tenha momentos de lazer, faça exercícios físicos para aliviar o estresse ou alguma atividade que te agrade. Eu trabalho de telemarketing e geralmente é bem estressante, nas horas vagas cuido desse blog, que muitas vezes é bem difícil mas eu amo, no dia da minha folga que é uma vez por semana eu tiro o dia para resolver afazeres durante a manhã, mas a tarde eu descanso, assisto um filme, faço um skincare mais dedicado, coisas que relaxam e descansem a mente e corpo. 

Outra coisa que desenvolve problemas de acne e oleosidade e que descobri recentemente é a ansiedade. Pessoas com ansiedade têm níveis de estresse mais elevados, e como vimos anteriormente, favorece a produção de sebo e consequentemente causa oleosidade e acne. Então vamos cuidar da ansiedade também. Ir ao psicólogo é muito importante e vai te auxiliar em muitas coisas. Depois eu conto a minha experiência. 

Outros tratamentos

Mesmo com tudo o que já falamos nesse post, alguns casos precisam realmente de uma avaliação e acompanhamento profissional, seja o dermatologista, ou esteticista ou até mesmo o endocrinologista. Procurar ajuda profissional é importante para que você não piore a situação da sua pele nos cuidados caseiros.

Os profissionais vão te orientar no melhor tratamento avaliando o que realmente está acontecendo com o seu corpo. Muitas vezes além de todos os tratamentos que já falei, é importante fazer um peeling, uma limpeza de pele com profissional, tomar alguma medicação receitada pelo dermatologista, algum tratamento com um produto muito específico como ácidos. Então se você tiver acesso a qualquer um desses profissionais recomendo fazer uma avaliação.

Outros cuidados bem básicos que fazem diferença na nossa pele e que você não sabia: Troque a sua fronha de 3 em 3 dias, evite ficar tocando o rosto pois produz mais oleosidade, procure sempre produtos livre de óleo e de preferência sem álcool, lave os cabelos regularmente. Sim os cabelos tem contato com o rosto e precisamos dar atenção a isso também e aos produtos que usamos neles. Muitas vezes o produto usado no cabelo é que te desenvolveu oleosidade e acne, então observe.

Bom gente, por hoje era isso que eu tinha para vocês hoje. Espero ter te ajudado de alguma forma. De qualquer forma pesquise mais e vá ao médico. Tem alguma outra dica para complementar? Deixe nos comentários e vamos interagir no assunto! 

Até o próximo post!

Acompanhe nas redes:

CANAL: Admirável Feminismo

INSTAGRAM: @admiravelfeminismoof

FACEBOOK: Admirável Feminismo

2 comentários:

Deixe aqui sua opinião!

Topo