Sobre 2017 - Nem tudo é ruim, aprenda a tirar algo bom de tudo o que acontece.



Sobre 2017 - Um ano de aprendizado, perdas e vitorias

Muitos dizem que 2017 não foi um ano bom, que foi um ano ruim e tal. 2017 não foi, realmente, um ano surpreendente, cheio de coisas maravilhosamente incríveis, ainda assim não foi de todo ruim. Durante todo o ano a tv nos dava notícias que nos tiravam as esperanças de dias melhores, sentimento este que parece dar uma trégua ao aproximar de um novo ano.


Os muitos pedidos de virada de ano se resumem a: Que 2018 seja um ano bem melhor! Mas aí, eu te pergunto: Você não aproveitou nada de 2017?

Nós temos a terrível mania de focar no que há de ruim a nossa volta, tanto que deixamos passar despercebidas as coisas que nos acontecem de bom. Deixemos de ser tão pessimistas, para que a esperança e harmonia sempre se encontre dentro de nós.

Até dezembro chegar, eu também andava triste, pensando comigo mesma que nada evolui, que nada mudou, que nada fiz da minha vida, o quanto minha vida continuava a mesma. Bateu aquele sentimento de frustração, de quando pensamos que o tempo está passando e de que nada estou melhorando o meu futuro. Entrei em desespero e chorei (e ainda choro) muitas vezes.

Foi aqui que parei para pensar, e verifiquei cada acontecimento que me aconteceu durante este ano em que todos nós só focamos tristezas. E percebi o quanto abençoada eu fui neste período. Sim, abençoada! Terminei o ano desempregada, com ansiedade e algumas neuras a mais kkk.

Ainda assim consegui tirar vantagem e aprendizado de tudo o que me aconteceu. Pois bem, no começo do ano estava sem "amigos", Depois de 5 anos desempregada, consegui um emprego que durou 11 meses, me deixou animada no começo, mas com o passar do tempo vi que, por "status" (empregada/desempregada), o emprego estava me obrigando a contrariar meus valores morais e éticos, me trazendo grandes transtornos e frustração até afetar minha saúde realmente. Comecei a vender brigadeiros gourmet ainda dentro da empresa para meus colegas. Pedi demissão e vi que o mal causado iria me acompanhar.  Em novembro fui ao médico que, ao ouvir algumas queixas, me disse que estou com transtorno de ansiedade, que beleza. 

E com tudo isso, me vi sem evolução nenhuma, parecia realmente que tudo tinha dado errado. Iria terminar o ano desempregada mais uma vez, e agora com problemas de saúde. Fiquei realmente muito triste, me senti frustrada, um ninguém.

Mas digo a vocês que precisamos analisar com calma tudo o que nos acontece, pois nem tudo são perdas e sempre podemos tirar coisas boas de algo ruim que nos acontece. Agora, explico para vocês. Do emprego que mais pareceu tirar de mim, saí com duas amigas, resolvendo parcialmente o problema de solidão, e com um negócio próprio, pois continuo a vender meus brigadeiros gourmet. Com o problema da ansiedade aprendi também, aprendi que não adianta eu focar somente no bem-estar e felicidade daqueles que importam para mim, aprendi que eu também tenho que me preocupar com o meu próprio bem-estar, que preciso também estar feliz para transmitir tal felicidade.

E para 2018, enfim, tenho planos, planos mais simples e fundamentais. Em 2018, quero ser o mais positiva que conseguir, quero parar e prestar mais atenção em mim, respeitar os meus limites, fazer o que me deixa feliz, mesmo que eu ainda não saiba como. Esse ano quero aumentar minhas vendas, me sentir útil com isso, amo fazer meus brigadeiros e ver a satisfação dos meus poucos clientes.

Então galera, este não é o tipo de post comum aqui do blog, mas eu precisava dizer a vocês, que não se abalem com o que aconteceu, tirem proveito, usem isto como motivação. Analise a sua situação e, ao invés de procurar coisas ruins, procure o que você pode tirar de bom. Sempre digo as minhas amigas, FOCO EM COISAS BOAS, que em tudo há algo de bom para extrairmos.


Grande abraço em todos vocês. E desejo de verdade um Feliz 2018. Se o destino não colaborar para isso, FAÇA você mesmo de tudo para ser feliz.  



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo